G bloG

Mais Músicas e Ví­deos, clicar aqui → 
Músicas:
  • WolfGanG Amadeus Mozart, Eine Kleine Nachtmusik, K525, 1787.
  • Bobby Vinton, Blue Velvet, 1963.
Ví­deos:
  • Nelly Furtado, All Good Things (Come To An End), 2006.
  • Paul Potts, Nessun Dorma, Britain's Got Talent, 17Jun2007.
____________________________________________________
____________________________________________________

Herrar é umano.

____________________________________________________

Nada está assim tão mal que não possa piorar.

____________________________________________________

Evoluir siGnifica mudar o foco do olhar,
do umbiGo para o horizonte.

____________________________________________________

sexta-feira, 6 de outubro de 2006

Namorar... e amor maduro.

Já cheGuei a uma idade onde o amor maduro cheGa de mansinho e aloja-se na nossa vida, sem tempo para acabar.
Há um modo e um tempo de amar diferentes e que se desenrolam no passar dos dias, lentamente, com uma seGurança até então não atinGida.
Assim, o caminhar a dois é mais sereno, a cumplicidade existe, o carinho é mais espontâneo, não nos inibimos diante do querer, a sintonia é completa e as lembranças são depositadas no álbum das saudades, que Guardamos de um tempo que não volta mais.
Namorar na nossa idade é carreGar a ternura no olhar. O brilho é mais intenso, a vontade de acertar é mais forte.
Viver a dois é a aleGria da companhia, do "chameGo denGoso", dos beijos ainda "calientes", do braço dado e do encostar e roçar de ancas, dos insinuantes olhares quando o desejo se manifesta. Explorar prolonGadamente os corpos de ambos, o êxtase torna-se mais delicado e intenso.
Há a promessa no olhar de que em todo o amanhecer, será o mais belo bom dia entre dois seres que encontraram o amor.

2 Sábias Opiniões:

  • hum... isso deve ser para meter inveja a quem ainda está na fase do amor "verde".

    por: Anonymous Anónimo, @ 20:13  

  • Deves ter razão...beijos, bom fim de semana.

    por: Blogger Paula Raposo, @ 18:39  

Enviar um comentário

Link para este post

Criar uma hiperligação

<< Home